Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
E a escola das Termas do Carvalhal?!

Pelo que se pôde ler no “Notícias de Castro Daire”, no Jornal Municipal e através da Internet foi aprovada a construção de uma grande escola nas Termas do Carvalhal antes do senhor Fernando Carneiro ser Presidente da Câmara. Esta escola é para as crianças das freguesias de Mamouros, Alva, Pepim, Gafanhão, Reriz, tanto as da Escolas Primárias como das pré-primárias. Com esta escola vai desenvolver-se mais as Termas do Carvalhal pois para aqui virão mais crianças, mais pais, mais professores desenvolvendo-se o comércio e podendo provocar até o aparecimento de mais serviços que já fazem falta. O senhor Fernando Carneiro, depois de ser presidente, disse que a escola nas Termas do Carvalhal iria ser construída. Pais de alunos que andam na escola de Mões dizem que o presidente desta escola ficou contente porque com o senhor Fernando Carneiro a escola das Termas ainda ia ser maior porque o número de alunos estava errado e que eram precisas mais salas Ouvimos também dizer que houve conversas com proprietários de terrenos para escolher o melhor local a bom preço. Parecia que tudo corria bem para as Termas do Carvalhal. Mas há pouco tempo começou a ouvir-se que a escola não vaiser construída porque o senhor Fernando Carneiro não foi capaz de a defender perante funcionários do Ministério da Educação, não querer desagradar aos dirigentes distritais do Partido Socialista e ao Governo. Não se compreende isto porque o senhor Fernando Carneiro e o Engº Sócrates são tão amigos que até se tratam por “tu” e isso tem influência. Diz-se isto mas continua a dizer-se o contrário. Ouve-se que o senhor Presidente da Câmara vai construir a escola das Termas porque sempre disse isso e que vai cumprir a sua palavra até para dar ás pessoas da freguesia de Mamouros os empregos que lhes está a tirar no balneário termal. Tira de um lado, vai pôr no outro e assim cumpre as promessa do actual Presidente da Junta que garantiu que ia ter um papel importante para dar preferência de emprego ás pessoas da freguesia. Falhou no balneário, quererá compensar na nova escola. Com esta confusão, em que uns dizem uma coisa e outros outra, perguntámos se algum órgão camarário tinha decidido desistir da construção da escola. Como nos foi dito que não, concluímos que tudo continuava bem encaminhado. Como posteriormente se abateu o silêncio do senhor Presidente da Câmara sobre o assunto, contactámos gente da oposição que nos garantiu que o senhor Fernando Carneiro, sem consultar ninguém, desistiu de construir a escola nas Termas do Carvalhal. Perguntámos se ele podia decidir isso sozinho, disseram-nos que não , mas que o fez. Não quisemos acreditar em tal “coragem” .A ser verdade, o senhor Fernando Carneiro impôs ás Termas do Carvalhal e á freguesia de Mamouros uma grande derrota. Derrota de quem tem estabelecimentos comerciais, de quem cá empregou o seu dinheiro e quer as Termas do Carvalhal com crianças , pais, professores e emprego para quem o não tem.Começamos a recear pelo pior porque foi-nos dito que o senhor Presidente da Câmara procura esconder a má notícia para as Termas do Carvalhal dizendo que o processo foi para Lisboa e que, por isso, está mais demorado. Se assim não é, seria bom que dissesse a verdade, reconhecesse a sua fraqueza e incapacidade para levar por diante a construção da escola das Termas do Carvalhal. Sem a nova escola,as Termas do Carvalhal perderam uma grande oportunidade para o seu crescimento e desenvolvimento. Sobre isto, o que nos diz a Junta de Freguesia de Mamouros? O que fez a nossa Junta para defender a construção da escola? A que se deve o silêncio dos membros da Junta sobre este assunto? O senhor Presidente da Junta de Freguesia de Mamouros deve andar distraído ou então não é ouvido pelo senhor Fernando Carneiro. Foi para isto que a maioria dos eleitores votou num e noutro? Gozaram com as funcionárias daqui no concurso para o balneário. Continuam a gozar com a desistência de construir a escola? Fomos e estamos a ser enganados? Falem com as pessoas como falaram quando precisaram e prometeram o que não estão a cumprir. Enquanto não estiveram no “tacho” eram só “rosas”. Agora são espinhos e não dizem nada..

 

in, «Ecos do Paiva»



publicado por reinadodemoes às 21:50
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

As «guerras» internas no ...

PSD Castro Daire - Respos...

FOI E SERÁ, CERTAMENTE, U...

E a escola das Termas do ...

O Melhor espaço público d...

FERNANDO CARNEIRO FEZ UM ...

S.O.S - Bombeiros em esta...

A SAÚDE NO CONCELHO DE CA...

Mões vai perder um médico

Feira Medieval de Mões

arquivos

Maio 2012

Julho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds